domingo, 19 de outubro de 2008

As Crónicas de Gelo e Fogo





Eu comecei a ler no mês de Agosto e achei excelente. Para quem gosta de fantasia misturada com a época mediaval, eu acho que é um dos melhores livros.
Acho que a história em si e as personagens está muito bom, e o escritor consegue deixar-nos agarrados ao livro a cada capítulo, pois há sempre algo que fica em suspense.


Aqui está a página da editora com os vários livros que sairam e algumas entrevistas ao escritor.

http://www.saidadeemergencia.com/index.php...vil9nud50an6d90


A Guerra dos Tronos - Livro Um A Muralha de Gelo - Livro Dois A Fúria dos Reis - Livro Três O Despertar da Magia - Livro Quatro
A Tormenta de Espadas - Livro Cinco


O Livro Seis está previsto sair em Novembro.

Atenção que a cada livro do autor correspondem dois livros na versão portuguesa.


Em baixo têm uma pequena sipnose de cada livro.



A Guerra dos Tronos - Livro Um


Quando Eddard Stark, lorde do castelo de Winterfell, recebe a visita do velho amigo, o rei Robert Baratheon, está longe de adivinhar que a sua vida, e a da sua família, está prestes a entrar numa espiral de tragédia, conspiração e morte. Durante a estadia, o rei convida Eddard a mudar-se para a corte e a assumir a prestigiada posição de Mão do Rei. Este aceita, mas apenas porque desconfia que o anterior detentor desse título foi envenenado pela própria rainha: uma cruel manipuladora do clã Lannister. Assim, perto do rei, Eddard tem esperança de o proteger da rainha. Mas ter os Lannister como inimigos é fatal: a ambição dessa família não tem limites e o rei corre um perigo muito maior do que Eddard temia! Sozinho na corte, Eddard também se apercebe que a sua vida nada vale. E até a sua família, longe no norte, pode estar em perigo.

Uma galeria de personagens brilhantes dá vida a esta saga. Entre eles estão o anão Tyrion, a ovelha negra do clã Lannister; John Snow, um bastardo de Eddard Stark que, ao ser rejeitado pela madrasta, decide juntar-se à Patrulha da Noite, uma legião encarregue de guardar uma imensa muralha de gelo a norte, para lá da qual cresce uma assustadora ameaça sobrenatural ao reino. E ainda a princesa Daenerys Targaryen, da dinastia que reinou antes de Robert Baratheon, que pretende ressuscitar os dragões do passado e, com eles, recuperar o trono, custe o que custar.



A Muralha de Gelo - Livro Dois


Eddard Stark só aceitou o prestigiado cargo de Mão do Rei para proteger o rei... ou não suspeitasse que o anterior detentor desse título fora mandado assassinar pela rainha. Mas agora Eddard tem a certeza que foi ela. E também sabe a razão: a rainha tem um segredo escabroso que pode levar à queda da dinastia e mesmo à guerra civil!

E como se a conspiração palaciana não bastasse, tudo piora quando o rei Robert Baratheon é ferido mortalmente por um animal numa caçada. Mas a Mão do Rei já desconfia de tudo: terá sido mesmo um animal... ou o trabalho de mais um assassino da rainha? Um homem honrado e justo, Eddard Stark começa a temer ser derrotado pelo ninho de víboras que é a Corte e a Casa Lannister.

Mas a ameaça de guerra civil não é a pior sombra que paira no ar. No norte, para lá da muralha de gelo, uma força misteriosa manifesta-se de maneira sobrenatural. E ainda mais longe, a última herdeira dos Targaryen prepara-se para invadir os Sete Reinos com o maior exército alguma vez visto... e com o auxílio de dragões!



A Fúria dos Reis - Livro Três


Quando um cometa vermelho surge nos céus de Westeros encontra os Sete Reinos em plena guerra civil. Os combates estendem-se pelas terras fluviais e os grandes exércitos dos Stark e dos Lannister preparam-se para o derradeiro embate.

No seu domínio insular, Stannis, irmão do falecido Rei Robert, luta por construir um exército que suporte a sua reivindicação ao trono e alia-se a uma misteriosa religião vinda do oriente. Mas não é o único, pois o seu irmão mais novo também se proclama rei, suportado por uma hoste que reúne quase todas as forças do sul. Para pior as coisas, nas Ilhas de Ferro, os Greyjoy planeiam a vingança contra aqueles que os humilharam dez anos atrás.

O Trono de Ferro é ocupado pelo caprichoso filho de Robert, Joffrey, mas quem de facto governa é a sua cruel e maquiavélica mãe. Com a afluência de refugiados e um fornecimento insuficiente de mantimentos, a cidade transformou-se num lugar perigoso, e a Corte aguarda com medo o momento em que os dois irmãos do falecido rei avancem contra ela. Mas quando finalmente o fazem, não é contra a cidade que investem...

O que os Sete Reinos não sabem é que nada disto se compara ao derradeiro perigo que se avizinha: no distante Leste, os dragões crescem em poder, e não faltará muito para que cheguem com fogo e morte!


O Despertar da Magia - Livro Quatro




A Tormenta de Espadas - Livro Cinco


Os Sete Reinos estremecem quando os temíveis selvagens do lado de lá da Muralha se aproximam, numa maré interminável de homens, gigantes e terríveis bestas. Jon Snow, o Bastardo de Winterfell, encontra-se entre eles, debatendo-se com a sua consciência e o papel que é forçado a desempenhar.
Todo o território continua a ferro e fogo. Robb Stark, o Jovem Lobo, vence todas as suas batalhas, mas será ele capaz de vencer as mais subtis, que não se travam pela espada? A sua irmã Arya continua em fuga e procura chegar a Correrrio, mas mesmo alguém tão desembaraçado como ela terá dificuldade em ultrapassar os obstáculos que se aproximam.
Na corte de Joffrey, em Porto Real, Tyrion luta pela vida, depois de ter sido gravemente ferido na Batalha da Água Negra, e Sansa, livre do compromisso com o rapaz cruel que ocupa o Trono de Ferro, tem de lidar com as consequências de ser segunda na linha de sucessão de Winterfell, uma vez que Bran e Rickon se julgam mortos.
No Leste, Daenerys Targaryen navega na direcção das terras da sua infância, mas antes terá de aportar às cidades dos esclavagistas, que despreza. Mas a menina indefesa transformou-se numa mulher poderosa. Quem sabe quanto tempo falta para se transformar numa conquistadora impiedosa?





Até agora esta foi uma das melhores coleccões que li.

A história em si está excelente e a forma como o escritor narra os acontecimentos e conduz o enrendo está excelente.

São livros impreviseis em que o "herói" que normalmente costuma estar a salvo de tudo e todos, nestes livros pode morrer a qualquer momento.

Uma história épico e uma colecção a não perder para quem gosta de Fantasia Medieval.



Até agora já li até à "Tormenta de Espadas", o sexto livro o qual adquiri durante o Forum Fantástico, ainda não tive tempo de ler mas será o próximo que irei ler.


Absolutamente Imperdível esta colecção!

Nota: 10/10


7 comentários:

Estante de disse...

Tal como tenho vindo a dizer, é das melhores sagas que já li (e li umas quantas). Tem todos os ingredientes que agarram o leitor estás presentes, é fantástico. Recomendo vivamente!

Canochinha disse...

(o comentário anterior é meu, esqueci-me de entrar com o meu login ;) )

Cristina disse...

Estou mesmo no fim de A Tormenta de Espadas. Está a ser fascinante. Um dos melhores do autor, sem dúvida. Conto comprar o próximo quando sair, mas ainda faltam umas semaninhas... Boring.

Morah disse...

Eu ainda cheguei a comprar durante a pré-venda. No entanto, ainda não o comecei a ler dado que entretanto já tinha comprado o Brisingr.

Pedro disse...

Gostei imenso dos livros, e estou com a pulga atrás da orelha.

No entanto, muito embora me pese, ainda não sou capaz de considerar uma das minhas sagas preferidas de sempre. Adorei "A Muralha de Gelo", e de repente "A Fúria dos Reis" desiludiu-me. Perdi um pouco a chama, espero vir a recuperá-la.

Adoro as personagens e a história e a imprevisibilidade. As minhas personagens preferidas (aquelas cujos capítulos correspondentes são, de longe, os mais empolgantes) são Daenerys, Jon, Tyrion e, por incrível que pareça, Sansa, porque no princípio não gostava dela mas fiquei tão impressionado que acho os seus capítulos excelentes.

Morah disse...

Eu se calhar considero uma das minhas sagas preferidas talvez porque tenha um leque algo pequeno de livros lidos.

No entanto acho que por muito que leia, esta vai ser sempre uma das minhas preferidas.


Por acaso detestava Sansa no início mas com o passar dos tempo acabei por gostar dela, foi ganhando maturidade e passei a simpatizar mais com ela, e com a força que ela mostrou ter.

Mónica Colaço disse...

Esta saga é absolutamente espectacular (pelo menos até agora).
O estilo de escrita deste autor é bastante original e o facto de "entrarmos na cabeça" de várias personagens em lados tão distintos da história dá-nos uma perspectiva fascinante dos acontecimentos que se vão desenrolando.