domingo, 2 de novembro de 2008

"O Regresso", Victoria Hislop


Sinopse:

Cativante e profundamente comovente. o segundo romance de Victoria Hislop é tão inspirador como o seu romance de estreia e bestseller internacional. A Ilha. Nas ruas calcetadas de Granada. sob as majestosas torres do Alhambra. ecoam música e segredos. Sónia Cameron não sabe nada sobre o passado chocante da cidade; ela está lá para dançar. Mas num café sossegado. uma conversa casual e uma colecção intrigante de fotografias antigas despertam a sua atenção para a história extraordinária da devastadora Guerra Civil Espanhola. Setenta anos antes. o café era a casa da unida família Ramirez. Em 1936. um golpe militar liderado por Franco destrói a frágil paz do país. e no coração de Granada a família testemunha as maiores atrocidades do conflito. Divididos pela política e pela tragédia. todos têm de tomar uma posição. travando uma batalha pessoal enquanto a Espanha se autodestrói.

Sem ter lido o bestseller "A Ilha", aventurei-me em "O Regresso", mais pela vontade de saber mais acerca da Guerra Civil Espanhola. Nesse aspecto, o livro ficou um pouquinho abaixo das expectativas, uma vez que não é um livro muito descritivo da situação política vivida. Contudo, compensou muitíssimo dado que, a nível de descrição das emoções pessoais, do período negro que as famílias passaram e da agitação social vivida, o livro é extremamente bem conseguido. Apoiando a narrativa numa alternância entre a actualidade e o período referido, conta-nos a história de uma rapariga britânica actual que descobre as suas origens espanholas- a sua família e as circunstâncias por que todos os seus elementos passaram durante a Guerra, num verdadeiro "regresso" ao passado.
O livro deve ser lido com um interesse genuíno pela descrição do ambiente da Guerra e das emoções da família separada pela mesma e não pela expectativa do avanço da acção, já que este é um livro sem grande suspense e em que, no final, tudo encaixa como o previsto.

3 comentários:

Livros em 2ª Mão disse...

Parece interessante!
Ando com vontade de ler qualquer coisa desta autora, mas ainda não houve oportunidade.

Pedro disse...

Aconselharam-me vivamente "A Ilha", pelo que prefiro começar por esse ;)

Canochinha disse...

Tenho alguma curiosidade em relação a esta autora... Tenho "A Ilha" ainda em lista de espera, do qual ouvi muito boas opiniões. Se gostar, o mais provável é comprar este.